top of page

Movimento da Vez - Impressionismo

Atualizado: 6 de jul. de 2021



O Impressionismo

Você sabia que Claude Monet, pioneiro do movimento artístico Impressionismo, faz aniversário no dia 14 de novembro! Com a obra “Impressão, nascer do sol” de 1872, um dos primeiros quadros de Monet, nasceu o termo Impressionismo, movimento que causou uma revolução na pintura. Apesar de parecer, o nome não veio da obra e sim de um crítico que usou esse termo satirizando os novos artistas. Mas, como provocação ou por gosto mesmo, os pintores adotaram o termo!



Impressão, nascer do sol, 1872, Claude Monet


O Impressionismo pode ser considerado uma das maiores revoluções da arte desde o renascimento.

O estudo das cores e formas, foram a porta de entrada para os importantes movimentos de vanguarda que o seguiram.


Os artistas estavam muito interessados nos efeitos ópticos que a luz proporcionava às paisagens e, por isso, a maioria das obras eram pintadas ao ar livre, para capturar as tonalidades com a iluminação solar.



O baile no moulin de la Galette, 1876, Pierre-Auguste Renoir


Os pintores elevaram a outro patamar a interpretação de como as cores, luzes e sombras se comportam ao ar livre. Na época, a pintura estava restrita aos ateliês, onde a luz era manipulada. Quando os pintores propõem novas formas de enxergar a realidade e representá-la, o conservadorismo da época fica perturbado e não aceita o novo estilo.


As pinturas traziam figuras sem contornos nítidos e sombra luminosas bem coloridas; além de que os artistas misturavam as cores na própria tela, o que fazia com que as pinceladas ficassem nítidas.


Mulher com Sombrinha, 1875, Claude Monet


Os temas eram momentos cotidianos, e os artistas procuravam uma expressão em que a emoção estivesse mais evidente que a razão. Foi um divisor de águas para a pintura, pois seus artistas não se prendiam mais aos ensinamentos do realismo acadêmico.



A Aula de Dança,1871-1874, Edgar Degas


Entre os grandes nomes dessa época estão o Edgar Degas, Claude Monet, Pierre-Auguste Renoir, e outros. Esses artistas conseguiram, cada um com a sua visão, trazer um novo olhar para as Artes, além de influenciar e inspirar futuros importantes movimentos.

As mulheres no movimento Impressionista

Em 1894, o crítico Henri Focillon destacou três deles como as “Les Trois Grandes Dames” ou “As Três Grandes Damas” do movimento: Berthe Morisot, Mary Cassatt Marie Bracquemond. O trio atuou como colegas e amigos dos principais membros do movimento.


Berthe Morisot, O Jardim de Maurecourt , ca. 1884




Коментарі


bottom of page