Os cartazes publicitários de Mucha na Art Nouveau e sua arte inovadora

Muitos conhecem os traços de um dos principais representantes do movimento Art Nouveau, o artista Alphonse Mucha, mas poucos sabem que parte das obras de artes eram cartazes de produtos como perfumes, caixas de biscoito e até cigarros! Vem com a gente!


Mucha trouxe um estilo de desenho inovador para a sua época. Com influência da arte européia antiga, principalmente do renascimento, ele propõe uma nova forma de representação mais popular e próxima à todas as classes sociais da época. Ele começou a pintar em 1882 como retratista e a partir de 1888 passa a fazer os seus primeiros trabalhos de ilustração para revistas, também sendo um dos artistas pioneiros da arte publicitária.



Isso também foi um ato revolucionário de Mucha, ele cria uma linguagem popular que pudesse ser facilmente reproduzida e acessada a partir dos princípios do design gráfico aplicados em suas obras. Além disso, imprimia suas artes em papel comum ao invés do papel de seda para que um maior número de pessoas pudessem ter acesso.



Entre os seus trabalhos mais conhecidos estão os cartazes para o espetáculo de Sarah Bernhardt, feitos entre 1894 a 1900. Sarah era a maior atriz da época e isso rendeu muita popularidade ao artista. O sucesso dessas obras que ilustravam a atriz foi tanto que as pessoas arrancavam os pôsteres dos muros da cidade de Paris para levar para suas casas.



A nova proposta que Mucha trouxe para as produções artísticas e publicitárias fez com que suas obras estivessem espalhadas pelo mundo.


Hoje, passados 82 anos de sua morte, Mucha continua a influenciar artistas no mundo todo e mantém sua herança viva em ilustrações contemporâneas. Suas técnicas estão muito presentes no universo dos HQs e dos Mangás, além de terem influenciado pôsteres de bandas como Pink Floyd e Rolling Stones.